Apesar da situação de emergência, JHC mantém São João milionário em Maceió

A recomendação do Ministério Público Estadual de suspender as festividades juninas por conta da situação de emergência devido os estragos causados pelas chuvas das últimas semanas não foi acatada pela Prefeitura de Maceió, que decidiu, nesta quinta-feira, 02, manter a programação do “Massayó. Sol… Mar & Forró”. O São João da capital alagoana terá nomes… Prefeitura de Maceió emite nota oficial sobre o São João. Foto: Secom Maceió

por conta da situação de emergência devido os estragos causados pelas chuvas das últimas semanas não foi acatada pela Prefeitura de Maceió, que decidiu, nesta quinta-feira, 02, manter a programação do “Massayó. Sol… Mar & Forró”.

O São João da capital alagoana terá nomes de peso – – e custará pelo menos seis milhões aos cofres públicos.

, o Executivo Municipal alegou  – em nota  – que as ações executadas nos últimos meses, como limpeza de vias, colocação de lonas especiais em 171 áreas críticas da cidade, retirada de toneladas de entulhos e a implantação dos NUDECs (Núcleos Comunitários de Defesa Civil), minimizaram os danos provocados pelo

Ainda segundo a prefeitura, a realização das festas juninas não comprometerá as iniciativas nem orçamentos provisionados para atendimento a situações que se imponham. “Na verdade, contribuirá para aquecer a economia da cidade, com expectativa de movimentar cerca de R$ 100 milhões. Vai gerar emprego, renda e impulsionar a retomada, em especial dos ambulantes e do setor de serviços e turismo, tão prejudicados pelas medidas restritivas da pandemia”, diz a nota.

Durante os festejos juninos haverá também o Massayó Solidário, com o objetivo de arrecadar alimentos, agasalhos e roupas para os desabrigados não só de Maceió, mas para outras cidades alagoanas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.