NOTÍCIAS

Seop realiza operação na Muzema e chega a três mil demolições de construções irregulares desde 2021 – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

A obra já havia sido notificada e embargada desde o início das fundações – Fabio Costa/Seop

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) realiza, nesta quinta-feira (19/10), a demolição de uma construção irregular na Estrada do Itanhangá, na Muzema, área que sofre forte influência da milícia. O imóvel foi erguido sem nenhuma licença ou autorização da Prefeitura e as unidades do térreo seriam utilizadas como comércio. De acordo com os engenheiros, com a estrutura feita até o momento, os responsáveis iriam construir novos pavimentos do prédio. A obra já havia sido notificada e embargada desde o início das fundações, porém, em total desrespeito à determinação de paralisação as construções foram, no entanto, aceleradas. O responsável técnico da construção já possui passagens na delegacia por crime ambiental com resíduos sólidos e estelionato.

– Estamos mais uma vez em uma operação aqui na Muzema, uma região que, infelizmente, já sofreu com alguns desabamentos de construções irregulares e que é um dos berços da milícia. Importante destacar que chegamos na fase inicial dessa obra, impedindo que subissem ainda mais e causasse um transtorno ainda maior – explicou o secretário de Ordem Pública Brenno Carnevale.

Com essa operação, a Seop completa três mil demolições de construções irregulares desde 2021, sendo 70% delas em áreas com atuação do crime organizado. A região mais afetada com as ações é a Zona Oeste, com 54,23% das demolições, e o bairro do Recreio dos Bandeirantes é o recordista de demolições, com 420. As ações causaram um prejuízo de mais de R$ 405 milhões aos cofres dos responsáveis.

– Seguiremos atuando com o foco na preservação de vidas, no ordenamento da cidade e, no que cabe à Prefeitura, auxiliando na segurança pública, fazendo a asfixia financeira do crime organizado, uma vez que o mercado imobiliário é uma das principais fontes de renda e lavagem de dinheiro desses grupos criminosos -reforçou Carnevale.

Nova ferramenta vai ajudar o cidadão a checar se a obra é regular

Até o final do ano, a Prefeitura do Rio lançará uma ferramenta que permitirá ao cidadão a consulta online e em tempo real, através do logradouro e do número do imóvel, se há licenças emitidas pelos órgãos municipais para aquele determinado imóvel.

– Estamos prestes a lançar um sistema de pesquisa rápido e simples para diminuir a quantidade de imóveis comprados sem autorização da Prefeitura. É uma forma do cidadão saber previamente se aquele imóvel é regular ou não, além de também trazer maior segurança jurídica ao mercado imobiliário – finalizou o secretário.

Categoria:

  • 19 de outubro de 2023
  • Marcações: Demolição de construção irregular Muzema operação Ordem Pública Prefeitura do Rio